A história bizarra por trás da morte de Elisa Lam

Essa história bizarra e muita brisa aconteceu no início de 2013 quando a estudante canadense Elisa Lam, de 21 anos, simplesmente sumiu em Los Angeles, no Estados Unidos. E o mais bizarro de tudo isso é que a garota foi encontrada morta em uma das 4 caixas d’água enormes do hotel onde estava hospedada.

Elisa_lam02

A GRAVAÇÃO
As últimas imagens de Elisa foram captadas pela câmera de segurança do elevador do hotel, que registraram o momento em que a canadense subiu ao último andar. Mas, ao invés de solucionar o caso, o vídeo mostra algo, no mínimo, bizarro. Isso porque as cenas mostram um comportamento estranho por parte da garota, que parecia perturbada ou coagida.

A garota começa a apertar todos os botões de comando, e uma coisa bizarra acontece, o elevador não se mexe. Em seguida, ela desiste da ação e começa a gesticular, como se estivesse falando com uma pessoa. E depois a garota desaparece.

Até hoje ninguém explicou de quem a canadense estaria se escondendo ou com quem ela teria falado antes de morrer.

Elisa_lam03

Esse fator “técnico”, é uma das coisas suspeitas que deixam “em cheque” o laudo da polícia americana, que deu o caso como resolvido ao considerar a morte da estudante como afogamento acidental, até porque os exames da perícia não indicaram drogas ou álcool no corpo da moça. Isso porque, embora as caixas d’água do lugar são estivessem trancadas, seria bastante complicado o acesso ao seu interior já que as tampas são muito pesadas.

Apesar das autoridades que investigaram a morte acreditarem que Elisa sofria de transtorno bipolar, há quem aposte em opções mais sinistras para explicar o fim da canadense. Isso porque o Cecil Hotel já foi palco de inúmeros acontecimentos estranhos, envolvendo mortes acidentais, suicídios e assassinatos.

Elisa_lam01

Se você achou essa história bizarra, vai se surpreender com a história de Ed.Gein: o cara que inspirou o filme “O Massacre da Serra Elétrica”

Fonte: (1).

Comments

comments

Comentários no Facebook