CHARLES MANSON: A HISTÓRIA DO SERIAL KILLER MAIS SINISTRO E CRUEL JÁ CONHECIDO!

Você conhece o serial killer Charles Manson? O mano mesmo sem matar foi responsável por diversos assassinatos que chocaram os EUA, há quase 50 anos atrás. O maluco foi internado em um hospital da Califórnia, onde cumpria prisão desde 1971 até sua morte em 2017.

A infância

Em uma biografia publicada em 2013 foi revelada as origens desconhecidas de Manson. O biógrafo Jeff Guinn, autor do livro, conta que ele tinha apenas 5 anos de idade quando sua mãe e irmão foram presos por roubarem uma garrafa de ketchup.

Segundo Manson, sua mãe era alcoólatra e chegou a dá-lo a uma garçonete em troca de bebidas, ainda quando ele era apenas uma criança. Mas um parente evitou que isso acontecesse. Ainda na infância, Manson passou por vários reformatórios e prisões, onde ele teria convivido com “grandes” criminosos, os mesmos que teriam lhe ensinado a coagir mulheres a realizar seus desejos.

Charles Manson

Manson era uma criança problemática, e quando fico adulto não mudou nada. A vida do cara era regrada à orgias com estrelas do rock. Ah, e não podemos deixar de citar que Manson, com uma ideologia hippie, era completamente obcecado pelos Beatles. O serial killer é descrito por muitos como um homem que buscava o reconhecimento a qualquer custo, mesmo que isso custasse vidas.

Uma de suas maiores habilidades era o “carisma”. Manson tinha facilidade em seduzir e convencer seus seguidores. Sua seita, chamada de “Família”, foi induzida por Manson a cometerem uma série de assassinatos. Em nenhum dos sete assassinatos promovidos pelo grupo ele estava presente, e por isso muitos dizem que ele era uma espécie de gênio.

Crimes

Uma de suas vítimas mais conhecidas foi a atriz Sharon Tate, esposa do famoso diretor Roman Polanski, que estava grávida de 8 meses e recentemente tinha ganhado um Globo de Ouro. No ocorrido, seguindo ordens de Manson, seus seguidores invadiram a casa da atriz e a mataram com 16 facadas. Mais quatro pessoas foram mortas, um deles com 51 facadas.

As mortes eram consequências de uma tese apocalíptica de Manson, onde brancos e negros começariam uma disputa sem precedentes nos EUA. Ele pregava que o White Album (Álbum Branco), dos Beatles, e em especial a música Helter Skelter, era um quebra-cabeças que fazia revelações codificadas sobre confronto racial pelo poder nos EUA. Seu objetivo, no caso, era acelerar esse confronto racial. Ele afirmava para seus seguidores que iria protegê-los, e que ao fim da guerra se tornaria um messias.

Uma curiosidade sobre o assassinato na casa de Sharon Tate é que o grupo espalhou várias pistas falsas pela casa. Eles queriam incriminar os Panteras Negras (grupo que lutava contra o racismo na época). Além disso, Manson ordenou que os cartões de crédito das vítimas fossem deixados em um bairro para negros, na intenção de que algum morador fosse incriminado.

Susan Atkins, que fazia parte da “Família”, confessou em uma audiência que, nos planos macabros de Manson, outras pessoas famosas iriam ser assassinadas, entre elas a estrela Elizabeth Taylor e o grande Frank Sinatra.

Casamento

Preso no ano de 1971, foi no ano de 2014 que ele voltou a ser manchete a mídia mundial. Pois bem, o maluco, já com seus 80 anos de idade, recebeu permissão para se casar na prisão. Elaine Burton, uma mulher de 26 anos, se mudou para a Califórnia para ficar mais perto do seu amado, como ela dizia.

A licença de casamento expirou em 2015 e o “casório” nunca aconteceu. Tempo depois, a mídia americana noticiou o objetivo de Elaine. Ela queria se casar para ter acesso as imagens do cadáver de Manson quando ele morresse. Provavelmente para ganhar dinheiro.

Uma nova avaliação sobre a liberdade condicional de Manson estava prevista para 2027, quando ele teria 93 anos. Com seus 83 anos de idade, Manson faleceu no hospital de Bakersfield, na Califórnia. Ainda não foi confirmado as causas da sua morte, mas boatos dizem que foi por causas naturais.

Curte mistérios do mundo e assuntos paranormais? Se liga no nosso vídeo onde falamos sobre a garota que inspirou o filme O Exorcismo de Emily Rose. Bagulho é sinistro demais!

Leia também:  Assassinos do pântano: o aterrorizante caso do casal mais sinistro da história.

Fonte: Fatos Desconhecidos e BBC.

Comments

comments