Dominatrix: Você tem fetiche mas não sabe! Confira os principais e descubra qual é o seu.

MuitaBrisa_Dominatrix_Augusta_Fetiche2

Você talvez nunca tenha ouvido falar sobre BDSM, mas provavelmente já ouviu sobre sadomasoquismo, né nón? O Dominatrix nos explicou o que é a sigla BDSM. Ela representa várias práticas e expressões eróticas, não necessariamente levando ao sexo. O BDSM, mesmo ainda sendo um tabu, agrega toda uma subcultura extremamente plural, incluindo não só o ato de fazer sexo algemado ou dar e levar uns tapas, mas também usa-se roupas e todos os tipos de fantasias, costumes e dinâmicas de relacionamento.

Não há um consenso sobre a origem exata das práticas BDSM, mas sabe-se que práticas semelhantes já existiam há muito tempo. Desde a Grécia Antiga até o Kama Sutra, há referencias de sadomasoquismo e dominação e submissão erótica. Muitas das práticas expressadas em registros históricos não são aceitas no BDSM por não ter segurança e consentimento.

Dentro do BDSM existe umas regras: a pessoa não pode estar inconsciente ou sob efeito de alguma droga, não pode fazer nada que a outra pessoa não permita e que vá colocar em risco a vida da pessoa. Pessoas que não conhecem e não são praticantes da BDSM são chamadas de “baunilha”, porque segundo eles, ela é aquela pessoa que vai numa sorveteria, experimenta todos os sabores mas sempre acaba pegando o sorvete de baunilha!

MuitaBrisa_Dominatrix_Augusta_Fetiche3

SIGNIFICADO BDSM

Bondage: arte de amarras pessoas, seja pela estética, restrição ou prazer erótico. Existem várias técnicas diferentes e pode ser feito com cordas, algemas, correntes ou grilhões. Existem umas pessoas muita brisa que sentem tanto prazer que praticam bondage nelas mesmas!!

Disciplina: é a técnica de disciplinar ou ser disciplinado por alguém para os mais diversos fins. Apesar de ser consentida, a disciplina geralmente vai além de uma simples relação de dominação porque, para reforçar as mudanças de comportamento desejadas, é necessário manipular a pessoa a ser treinada e fazê-la ultrapassar os próprios limites. Mesmo que muitas das vezes o reforço seja por tapas ou espancamentos, ele também pode ser feito impedindo que a pessoa coma o prato favorito dela ou assista TV.

Dominação e submissão: é uma atividade de relacionamento onde uma pessoa se submete a outra. É o caso de alguém que permita que outra pessoa a amarre, humilhe, espanque (spanking) e mande fazer coisas, por objetivo sexual ou não. Existe uma galera que gosta de uma dominação somente financeira e outras pessoas que gostam que o dominador controle sua rotina. Vale lembrar que o dominador pode ser tanto homem quanto mulher!

Dentro dessa prática, há atividades que podem ser exercidas: pet play – quando o submisso se comporta como um bicho de estimação do dominador (geralmente o animal é um gato ou cachorro), tendo como brincadeiras o uso de utensílios como pratinhos, coleiras ou brinquedos. Pony play – quando o submisso assume o papel de um cavalo ou pônei, podendo usar sapatos com formato da pata de cavalos, rédeas, celas e chicotes. Chuva dourada – é o ato de urinar em cima do submisso, podendo proporcionar prazer tanto pra quem está fazendo xixi quanto pra quem recebe.

17778791_10209049381500651_265675372_o

Sadismo: quando uma pessoa sente o prazer de provocar dor em outra pessoa. Dentro do BDSM, podemos usar essa palavra para destacar pessoas que gostam de um tipo de sexo seguro e consentido, onde podem causar dor em seus parceiros.

Masoquismo: quando alguém gosta de receber a dor. O masoquista é só uma pessoa que sente prazer em sentir dor, não necessariamente um prazer erótico.

MuitaBrisa_Dominatrix_Augusta_Fetiche

O Muita Brisa teve o prazer de conhecer um pouco melhor sobre o BDSM. Fomos convidados para um jantar afrodisíaco em um dos bares de BDSM, o Dominatrix, localizado próximo a Baixa Augusta. O jantar foi composto por uma salada de entrada, um prato principal e uma sobremesa, com direito a performances durante o jantar todo! A proposta do bar é reunir os praticantes de BDSM para que possam de divertir e trocar experiências, quebrando o tabu existente sobre o BDSM. O Dominatrix é composto por 2 ambientes: o bar com as mesas e nos fundos uma área para a prática de BDSM, chamada de Masmorra. Fomos muito bem recepcionados pela Lola, que nos contou toda a história sobre o bar e as práticas. Durante a semana tem dias que baunilhas podem ir para conhecer a casa e saber mais sobre o BDSM. Toda sexta e sábado tem jantares e festas para curtir o Dominatrix! Quem quiser ir na casa para conhecer, é super bem vindo!Acesse o site e confira tudo sobre o lugar que é realmente incrível: www.dominatrixaugusta.com

MuitaBrisa_Dominatrix_Augusta_Fetiche4

MuitaBrisa_Dominatrix_Augusta_Fetiche5

MuitaBrisa_Dominatrix_Augusta_Fetiche6

Agora, confira os principais fetiches e descubra qual é o seu:

Adstringopenispetrafilia: fetiche por amarrar pedras ao pênis.

Agalmatofilia: atração por estátuas.

Agorafilia: atração por copular em lugares abertos ou ao ar livre.

Aiquemofilia: Prazer pelo uso de objetos cortantes e pontiagudos

Amaurofilia: excitação da pessoa pelo parceiro que não é capaz de vê-la -não se aplica a cegos.

Anadentisfilia: excitação e prazer sexual por pessoas sem dentes.

Anemofilia: excitação sexual com vento ou sopro nos genitais ou em outra zona erógena.

Asfixiofilia: prazer pela redução de oxigênio.

ATM (ass to mouth): prática em que o parceiro ativo, após o coito anal, leva seu pênis à boca da pessoa penetrada.

BBW: atração por mulheres obesas

Bondage: prática onde a excitação vem de amarrar ou/e imobilizar o parceiro.

Bukkake: modalidade de sexo grupal praticado com uma pessoa que “recebe” no rosto a ejaculação de diversos homens.

Coleopterafilia: atração sexual por besouros.

Coprofagia: fetiche pela ingestão de fezes.

Coprofilia: fetiche pela manipulação de fezes, suas ou do parceiro.

Coreofilia: excitação sexual pela dança.

Crinofilia: excitação sexual por secreções – saliva, suor e secreções vaginais

Crematistofilia: excitação sexual ao dar dinheiro, ser roubado, chantageado ou extorquido pelo parceiro.

Cyprinuscarpiofilia: excitação sexual por carpas.

Dendrofilia: atração por plantas.

Emetofilia: excitação obtida com o ato de vomitar ou com o vômito de outro.

Espectrofilia: prática medieval que consiste na excitação por fantasias com fantasmas, espíritos ou deuses.

Exibicionismo: fetiche por exibir os órgãos genitais.

Fetiche por balões: excitação ao tocar balões de látex – usadas em festas

Fisting: prazer com a a inserção da mão ou antebraço na vagina ou no ânus

Flatofilia: prazer erótico em escutar, cheirar e apreciar gases intestinais próprios e alheios.

Galaxiafilia: atração sexual pelo aspecto leitoso da Via Láctea.

Gerontofilia: atração sexual de não-idosos por idosos.

Hipofilia: desejo sexual por equinos.

Imagoparafilia: prazer em imaginar-se com alguma parafilia.

Lactofilia: fetiche por observar ou sugar leite saindo dos seios

Lolismo: preferência sexual e erótica de homens maduros por meninas adolescentes

Kosupurefilia: excitação sexual por Cosplay.

Masoquismo: prazer ao sentir dor ou imaginar que a sente.

Menofilia: atração ou excitação por mulheres menstruadas.

Nanofilia: atração sexual por anões.

Necrofilia : atração por pessoas mortas

Odaxelagnia: fetiche por mordidas.

Orquifilia: fetiche por testículos.

Partenofilia: fixação sexual por pessoas virgens.

Pigofilia: excitação sexual por nádegas.

Pirofilia: prazer sexual com fogo, vendo-o, queimando-se ou queimando objetos com ele.

Podolatria: fetiche por pés.

Pogonofilia: fetiche por barba.

Pregnofilia ou maieusofilia: fetiche por mulheres grávidas e/ou pela observação de partos.

Sadismo: prazer erótico com o sofrimento alheio.

Sadomasoquismo: prazer por sofrer e, ao mesmo tempo, impingir dor ao outro.

Sarilofilia: fetiche por saliva ou suor.

Sororilagnia: sexo com a própria irmã.

Trampling: fetiche onde o indivíduo sente prazer ao ser pisado pelo parceiro.

Tricofilia: fetiche por cabelos e pelos.

Urofilia: excitação ao urinar no parceiro ou receber dele o jato urinário, ingerindo-o ou não.

Voyeurismo: prazer pela observação da intimidade de outras pessoas, que podem ou não estar nuas ou praticando sexo.

Zoofilia: prazer em relação sexual com animais.

Leia também: O sexo no mundo antigo era extremamente bizarro. Confira 7 fatos que irão te impressionar!

Fonte: Dominatrix. e Oba Oba.

Comments

comments