Criança assassina: Eric Smith e sua vítima de 4 anos

Eric Smith nasceu no dia 22 de janeiro de 1980, em Nova Iorque. Ele era um menino solitário e sofria com provocações de outros garotos por causa de suas orelhas, óculos de lente grossa, sardas e cabelo ruivo. Aos 13 anos, no dia 2 de agosto de 1993, perturbado, atraiu Derrick Robie, de apenas 4 anos de idade para um parque local, onde o estrangulou e jogou pedras enormes em sua cabeça.

Erick Smith em seu julgamento
Eric Smith em seu julgamento

Não contente, Eric despiu o menino e o estuprou com um galho de uma árvore próxima. Robie não aguentou e faleceu em seguida. A causa de sua morte foi um trauma na cabeça, associado à asfixia. Eric admitiu, dois dias depois do funeral de Robie, que havia matado o pequeno garoto.

Eric foi condenado por unanimidade por seu assassinato em segundo grau, com uma pena máxima, disponível para a época para assassinos juvenis (mínimo de 9 anos à prisão perpétua).

Derrick Robie, vítima de Erick Smith
Derrick Robie, vítima de Eric Smith

Seus pais acharam injusto seu veredito de culpado, porque estavam convencidos de que Eric estava doente. Apesar do alívio da família de Robie, composta por seu pai, sua mãe e um irmão de 12 anos (Dalton Robie), nada iria amenizar sua dor de perda, ao lembrarem toda vez do seu pequeno anjinho.

No verão do mesmo ano em que cometeu o homicídio, em 1993, Eric participou de um programa de recreação realizado a um quarteirão da casa de Robie, que também participou parte do programa. No dia 2 de agosto de 1993, a mãe de Robie não pode acompanha-lo ao programa, fazendo com que o menino fosse, pela primeira vez, sozinho. Foi a deixa para que Eric atraísse o menino, que estava sozinho, para o parque.

Nessa época, os detalhes do fato não foram levados ao público. Mas, com o risco da aceitação de liberdade condicional de Eric, a família de Robie decidiu contar, dando uma entrevista à CBS News:

“O corpo de Robie foi encontrado em um pequeno pedaço de madeira, a meio caminho entre o parque onde ele estava indo e sua casa. Segundo o promotor Tunney, Robie foi atraído da calçada e estrangulado… o assassino, desconhecido, desenterrou uma grande rocha e outra menor, com as quais agrediu Robie. Depois, abriu a lancheira de Robie, comeu seu lanche, encontrou um pequeno galho de árvore com o qual sodomizou Robie… posteriormente, arrumou o corpo de Robie.”

Eric disse, em suas declarações, que “gostou, e gostou demais do que fez, e que não queria que aquilo acabasse”. Segundo o investigador, Eric estava feliz, alegre e gostava de fato de contar o que tinha acontecido. De início, negou, mas, de repente, mudou abruptamente sua história: “Do outro lado da rua, em campo aberto. Foi quando vi Derrick”, Descrevendo as roupas e a lancheira que Derrick carregava.

Os vizinhos acreditavam que realmente Eric tivesse feito aquilo. Conforme um dos vizinhos, Erick perguntou o que aconteceria se descobrissem que o assassino era uma criança, e a vizinha respondeu que achava que esta criança precisaria de ajuda psiquiátrica e percebeu o interesse dele em saber o que os testes de DNA mostrariam.

Túmulo de Robie
Túmulo de Robie – Eric Smith

Na prisão, Eric escreveu uma carta à família de Robie:

“Sei que minhas ações causaram uma terrível perda na família de Robie e, realmente, sinto muito… tentei pensar em tudo o que Derrick nunca experimentará: seu 16º aniversário, Natal, casa próprias, graduação, faculdade, casamento, seu primeiro filho. Se pudesse voltar no tempo, gostaria de trocar de lugar com Derrick e suportar toda dor que causei a ele.”.

No final de sua declaração, afirma que não pode suportar a ideia de “muros, arame farpado e barras de metal pelo resto da vida”. O mais insano de tudo isso é que Eric, ao invés de desejar nunca ter feito isso, ele apenas desejou “trocar de lugar com a vítima para sentir o que o menino sentiu.”.

John Tunney, promotor de Justiça, disse que em momento algum duvidou que Eric não teria matado de novo, se não tivessem prendido ele. Eric Smith teve sua condicional negada por 5 vezes desde 2002. Sua última aconteceu em maio de 2012.

Erick Smith hoje em dia
Eric Smith hoje em dia

Leia também: Vídeo conta a história de Mary Bell, uma criança psicopata e assassina.

Fonte: O Aprendiz Verde e Face Obscura

 

Comments

comments

Comentários no Facebook