O curioso caso do jovem que desapareceu e deixou uma estátua de 20 mil e mensagens criptografadas

Você já ouviu falar do curioso caso muita brisa do jovem que desapareceu chamado de Bruno Borges? O jovem estudante muita brisa de psicologia de 24 anos do Acre, Bruno de Melo Silva Borges está há mais de 1 semana desaparecido. Porém, não foi um sumiço comum. Bruno foi visto pela última vez no dia 27 de março. Quando seu pai percebeu seu filho não estava mais em casa, decidiu entrar em seu quarto, foi então que descobriu um cenário totalmente muita brisa construído por Bruno. Seu quarto estava trancado por 24 dias, durante uma viagem dos pais, enquanto ele trabalhou cuidadosamente no novo design muita brisa do seu quarto.

PaginaBruno4

Nele havia uma estátua do filósofo italiano Giordano Bruno de 20 mil reais (segundo a mãe), 14 livros escritos a mão e devidamente criptografados por um código secreto, com trechos copiados excelentemente encaixados cobrindo todas as paredes do quarto, além de ilustrações, pinturas também nas paredes e no chão e um autorretrato pintado com um alien do seu lado! Por uma ~pista deixada por Bruno, seu irmão conseguiu desvendar algumas coisas, como o título de um dos livros “A teoria da absorção do conhecimento”.

Acre11

Acre2

Acre10

Acre5

Sua mãe disse que ele estava há um ano trabalhando em um projeto de 14 livros que transformariam a humanidade de uma forma boa. Para isso ele deixou de trabalhar e pediu emprestado de um primo R$ 20 mil. Segundo a família, Bruno era um estudante ambicioso, com alta capacidade intelectual e sem problemas psicológicos. Igor Rincon e Renor dos Reis, diretor da Antecipe e líder de desenvolvimento, respectivamente, desvendaram uma das 14 páginas que foi publicada na internet. Eles montaram um site chamado “Decifre o Livro” para ajudar outras páginas que venham a surgir. Eles partiram do número 700 e das letras “LO”, concluindo que se trada de “AC” ou “DC”, como uma data. Eles conseguiram encontrar um padrão apartir de termologias e palavras mais comuns em textos antigos. A dupla até montou um teclado com os caracteres que desvendaram.

PaginaBruno1

PaginaBruno8

Todo o processo de desvendar o texto muita brisa é bem difícil porque os livros estão todos na posse da polícia, que investiga o desaparecimento de Bruno. Mas esse trabalho muita brisa continua de qualquer jeito, mesmo com pouco material disponível. Abaixo está o texto (imagem 6) decifrado, feito por Bruno:

“Caminho difícil

Por milhares de anos o ser humano vem tentando encontrar respostas para perguntas como ‘qual o sentido da vida’? A filosofia que, ao que tudo indica, parece ter se iniciado com Tales de Mileto em meados de 700 a.C. visa encontrar vestígios de perguntas sem respostas. A pesquisa profunda pela verdade absoluta advém da filosofia, e quando falamos a respeito de caminhos fáceis ou difíceis estamos nos referindo a esse tipo de teorema.

É fácil aceitar o que desde criança te ensinaram que é errado. Difícil é, quando adulto, entender que te ensinaram errado o que desde criança você suspeitou que fosse correto. Em outras palavras, se você se enquadra em algum cujos estímulos do meio lhe determinaram certo comportamento, fazendo com que estivesse à mercê de crenças já providas e bem estabelecidas em dogmas e rituais, com uma massa concentrada de pessoas nela; ou permitindo-o ficar no conformismo, aceitando o conceito de felicidade e de sentido da vida embutido pela mídia e pela sociedade, então claramente você faz parte do caminho fácil para a busca da verdade absoluta.

Acaso se enquadre na segunda opção, ou seja, aquele que suspeitava de todo conjunto de crenças que lhe foi enraizado, então este tem tudo para ser um investigador da veracidade nas coisas ao seu redor, entrando em um caminho mais complicado, no qual uma minoria se arrisca ou enfrenta com bravura.”

Fonte: Hypeness; Não Salvo e TecMundo

© fotos: reprodução

 

 

 

Comments

comments