Setealém: Relatos do Universo Paralelo Mais Sinistro e Assustador!

Você já ouviu falar de Setealém?

Um dos “universos paralelos” mais misteriosos e sinistros que já ouvimos falar. O mais surpreendente, é a quantidade de pessoas que garantem ter ido para esse tal de “Setealém”.

O QUE É SETEALÉM?

Setealém supostamente seria um universo paralelo ou uma outra dimensão onde todos nós poderíamos chegar. Acontece que não sabemos ao certo como chegar em Setealém, o que podemos saber até agora são apenas características contadas através de alguns relatos encontrados aqui na internet doidona. Basicamente, esse lugar seria algo bem parecido com a nossa realidade, só que bem mais obscura. Os vários relatos encontrados contam que o lugar teria uma aparência bem suja e escura e que as pessoas que se encontravam lá teriam os olhos mais fundos e negros, uma coisa bem parecida com os filmes de terror. Infelizmente as informações contadas e relatadas por quem já esteve lá são poucas e o que sabemos é que Setealém não seria um lugar muito bonito e que você não iria gostar muito de estar lá.

Segundo os relatos Setealem seria totalmente obscuro e as pessoas que se encontravam lá teriam os olhos totalmente negros e assustadores.

Segundo os relatos Setealem seria totalmente obscuro e as pessoas que se encontravam lá teriam os olhos totalmente negros e assustadores.

Fizemos um vídeo no nosso canal contando TUDO com detalhes sobre Setealém! Clique no vídeo abaixo e confira! Ah, não esqueça de se inscrever no canal!

OS PRIMEIROS RELATOS SOBRE SETEALEM

Os primeiros relatos que se tem conhecimento a respeito de Setealem surgiram há muito tempo atrás, lá na época do Orkut. Como sabemos o Orkut era uma rede social semelhante ao Facebook, lá existia uma comunidade chamada Setealem que teria sido criada por uma rapaz chamado Luciano Milite. Nos anos 90 esse cara teria passado por uma situação bem fora do normal e aí com o passar do tempo, aproximadamente 10 anos depois, ele resolveu abrir uma  comunidade no Orkut para poder contar a sua história e conversar com outras pessoas a respeito do assunto.

No relato de Luciano,  eles estava voltando de uma de suas aulas da faculdade e precisava pegar o ônibus para ir para casa, ele podia pegar qualquer ônibus que passasse naquele ponto, pois praticamente todos eles passavam em frente a sua casa e por isso ele pegou o primeiro ônibus que apareceu sem nem perceber qual era o seu destino final, assim, ele deu sinal para o ônibus, entrou normalmente, sentou-se e começou a ler um de seus livros, uma coisa bem normal e que grande parte dos passageiros fazem. Logo, Luciano reparou que seu ônibus estava demorando um pouco para chegar no seu destino e foi nesse momento que uma senhora se aproximou dele e cutucou Luciano, fazendo a seguinte pergunta: “Você não vai para Setealem, vai?”

Lógico que o cara não entendeu nada e ficou se perguntando, “Setealem? Como assim?” E a senhora falou mais uma vez com ele: “Esse ônibus vai para Setealem, é melhor você descer”. Luciano então sorriu meio confuso, ele olhou para o lado e percebeu que todos os passageiros estranhamente estavam olhando para ele, segundo ele, os passageiros tinham aparências assustadoras e nesse momento todos eles começaram a gritar de forma ameaçadora: “Vai descer!” “Desce!”, “Desce agora!”.

Foi aí que assustado e estranhando toda aquela situação, ele desceu e viu o ônibus indo embora para um caminho totalmente diferente do que ele estava acostumado. Essa foi a história de Luciano sobre Setealem e supostamente a história que deu origem a todas as outras, uma situação bem estranha não é mesmo brisados? Você pega o ônibus normalmente, uma senhora começa a te perguntar sobre um destino que você nunca ouviu na vida e de repente todos os passageiros começam a te encarar e a gritar para você descer… Eu acho que qualquer um de nós ficaria assustado e também desceria na mesma hora. É claro que essa história marcou a vida de Luciano que 10 anos depois, se aproveitou das redes sociais para relatar o fato ocorrido com ele, utilizando o Orkut, uma das redes sociais mais usadas aqui no Brasil na época, ele resolveu criar uma comunidade para ver se encontrava outros relatos de outras pessoas que também teriam conhecido esse lugar. E não é que a ideia dele deu certo e após pouco tempo vários relatos a respeito de Setealem começaram a aparecer no Orkut, um mais bizarro e brisado do que o outro e é sobre alguns deles que iremos falar mais a diante.

Luciano se assustou quando todos os passageiros sinistros do ônibus começaram a gritar para que ele descesse.

Luciano se assustou quando todos os passageiros sinistros do ônibus começaram a gritar para que ele descesse.

O RELATO DA MENINA QUE VISITOU SETEALEM

Um dos relatos que chamaram bastante atenção, foi o relato de uma mulher chamada Antônia, que supostamente teria perdido a sua filha em Setealem. Aparentemente estava tudo normal, Antonia estava em sua casa, quando seu telefone começou a tocar, ao atender a ligação ela ouviu uma homem dizendo que ela precisava buscar a sua filha em uma escadaria em um certo condomínio, ela estranhou a ligação e questionou o homem, escadaria? Condomínio, que condomínio? Minha filha está aqui em casa, como assim? E o homem respondeu, eu não sei senhora, ela não estava vestida com uma camiseta verde quando desapareceu? Se a senhora quiser reencontra-la e só a senhora ir até a escadaria do condomínio. A mulher então começou a gritar com o rapaz ao telefone, dizendo que aquilo era um trote pois a sua filha estava lá com ela e até então não tinha acontecido nada demais, por este motivo, Antonia acreditou que tudo aquilo não se passava de um trote e então ela falou que iria ligar para a polícia e nesse momento a ligação caiu. No dia seguinte a filha de Antônia foi passear com o seu pai e quando ela voltou ela estava muito assustada e vestia uma camiseta verde, a filha que voltou assustada contou para mãe que teria se perdido em uma prédio enquanto estava passeando com o seu pai, como ela não sabia onde estava começou a chorar e a gritar, até que segundo ela um homem que possuía os olhos amarelos apareceu para ajuda-la, o homem disse para a garotinha que eles estavam em Setealem. Antônia então começou a achar que sua filha estava maluca contando toda aquela história, mas a menina jurou de pé junto de que tudo aquilo era verdade, inclusive ela falou que aquele homem de olhos amarelos teria ligado para a mãe dela, avisando de que ela estaria lá perdida naquele lugar, tudo isso teria durado algumas horas, isso aqui na nossa realidade, pois segundo a menina, ela teria ficado perdida em Setealem por aproximadamente 7 dias com aquele homem e para sair de lá esse homem teria levado a menina até uma escadaria, a qual ela teria descido e encontrado seu pai novamente e assim ele teria levado a menina de volta para casa.

A menininha teria ficado em Setealem por 7 dias e escapado com a ajuda de um homem com olhos amarelos.

A filha de Antônia teria ficado em Setealém por 7 dias e escapado com a ajuda de um homem com olhos amarelos.

O RELATO DO BANHEIRO DO SHOPPING

O próximo relato que contaremos aqui aconteceu em Porto Alegre, com um homem de nome Júlio, tudo teria acontecido quando Júlio foi ao banheiro de um shopping da cidade. O estranho fato teve início no momento em que Júlio saiu do banheiro e percebeu que não estava mais na nossa realidade, parecia que ele estava em um shopping totalmente diferente, segundo seu relato as pessoas que estavam lá tinham a aparência bem parecida uma das outras e todas eram bem assustadoras, além disso as lojas não eram comuns, segundo ele, as lojas vendiam coisas bem estranhas, como ganchos, ferraduras e até mesmo animais. Júlio então focou sua atenção para o rosto de uma garotinha, que a primeira vista parecia ser uma garota normal, mas quando ele olhou bem de perto, percebeu que ela tinha os olhos fundos e bem pretos e seu olhar parecia o de um ser maligno, é claro que Júlio não gostou nada do que viu, ele ficou morrendo de medo, correu de volta para o banheiro, pegou seu celular e tentou fazer algumas ligações, só que como todos nós podemos imaginar, o seu celular não estava funcionando. Para surpresa de Júlio, quando ele tentou sair novamente do banheiro, o shopping tinha voltado ao normal e tudo estava como era antes.

setealem4

 

O ESTRANHO TAMBOR QUE ABRE O PORTAL PARA SETEALEM

Essa história foi contado por um homem chamado Sandro de Souza Garcia, morador do bairro chamado Saúde, na cidade de São Paulo. Antes de se mudar para esse bairro Sandro morava em outro lugar e ao se mudar para esta casa nova, ele teria encontrado no armário de seu quarto um tambor muito estranho. O tambor não era um tambor pequeno comum, ele era bastante grande, feito com uma madeira bem escura e era trabalhado com um couro bastante diferente, que lembrava muito a pele humana. Esse tambor não era nada comercial e era totalmente diferente de todos os tambores que Sandro já havia visto na vida. Por via das dúvidas, Sandro nem chegou a mexer naquele tambor, nem se quer para jogar fora e deixou aquele estranho objeto quietinho lá no canto do armário. Algum tempo se passou e Sandro resolveu fazer uma festa em sua casa e chamar alguns amigos, até aí tudo estava correndo normalmente, mas, durante a festa apareceu um casal estranho, o casal aparentava ter uma idade um pouco mais avançado, e eles começaram a perguntar a respeito de um tambor. Como eles estavam no meio de sua festa e Sandro não conhecia o estranho casal ele não mostrou o tambor para eles e combinou de conversar com o casal em uma outra ocasião em que estivesse mais tranquilo.  A festa então acabou, todo mundo foi embora e como já estava bem tarde Sandro resolveu ir dormir. No meio de seu sono, Sandro foi acordado com o som da campainha de sua casa, quando atendeu a porta se reparou com um rapaz perguntando a respeito de que brisados? Isso mesmo, no meio da madrugada a campainha de Sandro tocou e era um estranho rapaz perguntando a respeito de um tambor. Sandro ficou bem assustado, pois era aproximadamente 4 horas da manhã e um estranho batia em sua casa perguntando a respeito de um objeto estranho que ele havia encontrado lá. Sandro é claro não deixou o estranho rapaz entrar, mas, o rapaz tanto insistiu e por final disse que ele era filho velho casal e que aquele tambor pertencia a eles. Sandro se lembrou então do velho casal da festa e acabou aceitando que o rapaz entrasse para ver o tambor. Depois que o estranho cara entrou ele acabou explicando para Sandro que aquele instrumento era usado por uma seita milenar para punir ou premiar as crianças. Segundo ele, o ritual era o seguinte: Quando uma criança se comportava bem, alguém ia lá, tocava o tambor e essa criança simplesmente sumia, horas depois essa criança voltava muito feliz e dizia que teria ido para um lugar muito alegre, parecido com um parque de diversões, esse lugar era conhecido com Jardim Azulado, lá era possível encontrar várias máquinas flutuantes e diversos animais exóticos jamais vistos antes. Toda criança que ia lá passava o dia todo brincando até que no fim da tarde uma mulher bem bonita pegava na mão da criança e levava ela de volta para sua casa.

Ao tocar o tambor as crianças boas iam para um lugar maravilhoso, já as más...

Ao tocar o tambor as crianças boas iam para um lugar maravilhoso, já as más…

Já  com as crianças mal comportadas e arteiras, o procedimento era bem diferente: O líder da seita colocava o tambor na cabeça da criança e batia 4 vezes, e da mesma forma, essa criança simplesmente sumia, por aproximadamente 5 horas, mas dessa vez, ela voltava por um caminho no meio do mato, toda machucada e assustada, elas voltavam totalmente em choque e sem conseguir falar e quando finalmente se recuperavam, elas diziam ter ido para um mundo totalmente obscuro, um lugar onde haviam várias pessoas apavoradas e chorando, haviam cavernas onde as almas saiam das paredes e as crianças apanhavam de varas, elas eram obrigadas a comer baratas, vermes e minhocas e que todos chamavam esse lugar nada legal de Setealem. Toda essa história foi contada pelo rapaz que tocou a campainha de Sandro as 4 horas da manhã, explicando o que aquele tambor era capaz de fazer.  Depois de contar isso tudo o rapaz desesperado implorou para Sandro não vender o item para o casal de velhos que no caso eram os seus pais. Sandro ficou muito confuso e como já era de madrugada ele falou para o rapaz voltar outro dia, porque ele estava muito cansado e queria dormir. Assim o rapaz foi embora, mas a curiosidade falou mais alto. Assim que o rapaz saiu de sua casa, Sandro correu para o seu quarto, pegou o tambor e tocou várias vezes o instrumento, sem que acontecesse nada e assim Sandro foi dormir normalmente. No dia seguinte ele acordou e aparentemente estava tudo normal com ele, o problema foi que logo ao acordar Sandro recebeu a notícia de que seu irmão tinha desaparecido sem nenhum motivo aparente e até hoje não se sabe o paradeiro dele. Depois de bater no tambor e seu irmão sumir, o casal e o rapaz que tinha ido insistentemente atrás do tambor nunca mais voltaram. Depois de tudo isso, Sandro acreditou que a culpa fosse dele, acabou acreditando naquela história que o rapaz tinha contado para ele e com isso então ele resolveu destruir o tambor, para que assim pudesse evitar que nada mais de ruim acontecesse. Mas, mesmo assim o irmão de Sandro nunca mais voltou e está desaparecido até hoje. Será que ele teria ficado preso em Setealem?

As crianças más iam para um lugar totalmente obscuro e repleto de sofrimento, o nome deste lugar? Setealem!

As crianças más iam para um lugar totalmente obscuro e repleto de sofrimento, o nome deste lugar? Setealem!

A MULHER DO CHUVEIRO

Essa história supostamente aconteceu com uma mulher que preferiu não ser identificada, ela contou que coisas estranhas estavam acontecendo constantemente com ela e que quando ela ouviu falar em Setealem ela teria começado a pesquisar muito a respeito do assunto. Ela alegou que haviam pessoas estranhas seguindo ela, quando ela ia trabalhar, quando ela ia sair e por todos os lugares, um dia quando estava indo para a farmácia ela notou uma coisa bem estranha, enquanto ela esperava para ser atendida, ela olhou para duas crianças que estavam olhando fixamente para ela, segundo ela as duas crianças tinham um olhar sombrio e frio e teriam aproximadamente 7 anos de idade. Logo depois, uma senhora mais velha se aproximou das crianças como se fosse a mãe delas, depois disso as crianças e a mãe ficaram olhando para a mulher, começaram a rir, viraram as costas e foram embora. A mulher que já estava intrigada pensou consigo mesma. “Isso só pode ser coisa de Setealem!” O mais incrível foi que assim que ela pensou isso, a senhora que já estava bem longe, virou pra ela e gritou: “Você está absolutamente certa”. Isso mesmo brisados, a mulher apenas tinha pensado naquilo e não havia comentado sobre Setealem com ninguém. Mas até aí tudo poderia ter sido apenas uma loucura da cabeça dela não é mesmo? E assim ela seguiu sua vida normalmente. Dias depois, quando ela estava na academia, ela resolveu tomar um banho depois de malhar, ao sair do chuveiro ela percebeu que o vestiário que sempre costumava ter alguém estava vazio naquele dia, ela se trocou e foi em direção a saída, mas, a porta da saída deu para um corredor completamente obscuro, o qual ela nunca tinha visto antes, um lugar totalmente desconhecido para ela. Foi ai que ela ficou desesperada e falou: “Pronto, estou em Setealem”  e começou a correr pelos corredores desesperadamente pedindo por ajuda, segundo ela todos os cômodos que ela ia estavam destruídos, sujos e úmidos, parecia que o local estava abandonado a anos. Foi aí que em um momento de desespero total a mulher entrou em um outro vestiário, que segundo ela estava dominado por uma névoa, como se alguém estivesse tomando um banho bem quente, foi aí que ela deu de cara uma velha tomando banho no local e mais uma vez, desesperada ela pediu ajuda. A velha olhava para a mulher e respondia calmamente: “Vai tomar um banho, tire essa inhaca do seu corpo que eles vão te deixar sair.” Ela então, louca para sair dali correu para ligar o chuveiro, mas, nenhum deles saia água. A velha então apontou para o chuveiro mais quebrado, sujo e enferrujado e disse: “Aquele ali minha filha, esses são para pessoas como nós.”  Ela então assim fez, ligou o chuveiro e ficou tomando banho por horas e nada acontecia, a velha então gritou mais uma vez: “Eu estou nesse banho há anos, essa água é muito quente, eu não vou sair daqui nunca!” A mulher ficou ainda mais assustada, mas como a água estava muito quente e com mais um chuveiro ligado o vapor e a névoa no local foram aumentando, ao ponto de que ela já não conseguia mais ver a senhora, foi ai que ela começou a desmaiar e só pode escutar a voz da senhora ao fundo dizendo: “Dê uns apertos na nina por mim!” e desmaiou. Quando a mulher acordou ela estava de volta ao chão da academia, recebendo ajuda de várias pessoas que teriam ouvido ela gritar por socorro. Ela foi encaminhada para o médico que alegou que tudo aquilo não teria passado de um ataque de stress, onde ela teria acabado desmaiando e tendo esses estranhos sonhos e devido a vários problemas pessoais que ela estava enfrentando o médico e o psicólogo dela aconselharam que ela comprasse um animalzinho para lhe fazer companhia e aliviar o stress. E assim, no dia seguinte a mulher foi adotar um cachorrinho em uma feira de adoção que estava acontecendo próximo de sua casa e a cachorrinha que ela escolheu já tinha nome, e sabe qual era o nome dela brisados? Isso mesmo, a cachorrinha se chamava Nina e ficou muito feliz ao ver a mulher, parecia até mesmo que eles já se conheciam, após isso a mulher voltou a acreditar que esteve em Setealem e resolveu compartilhar sua história com toda a internet.

Sem ver nada, sufocada e desesperada a mulher acabou desmaiando no meio do banho...

Sem ver nada, sufocada e desesperada a mulher acabou desmaiando no meio do banho…

 

 CONCLUSÃO DO MUITA BRISA

Nossa conclusão você verá no vídeo do nosso canal! Onde falamos desse lugar misterioso e damos nossa opinião também. Se você já teve algum contato com Setealém, compartilha sua brisa nos comentários do vídeo! Queremos saber e escrever sobre o seu saco…

Galera, vocês já ouviram falar da Zona Del Silêncio? Um lugar sinistro e misterioso com diversos acontecimentos bizarros! Clique e conheça que loucura!

Fonte: Ser Curioso.

Comments

comments

Comentários no Facebook