5 Filmes da Disney com origens perturbadoras e bizarras.

Brisados, se vocês acham que as origens dos filmes da Disney são alegres e fofinhos, vocês estão muito enganados.

O que poucos chapados sabem, é que as versões originais de muitos contos da Disney são sombrios, cheios de violência, sadismo e por fim, aterrorizantes.

Confira agora as origens sombrias de alguns contos da Disney:

1 – Pocahontas é Estuprada e Assassinada.

Os dois filmes da Disney sobre a beleza dos indígenas, são baseados em contos ingleses totalmente falsificados do início da história da colônia de Virgínia. Pocahontas tinha apenas 10 anos de idade quando Smith fez o primeiro contato com os Powhetans. É verdade aquela brisa de que ele foi capturado pela tribo, mas em seu relato original, Smith conta que foi tratado muito gentilmente, os caras eram gente boa e ponta firme no role. Foi só muitos anos depois, quando o nome de Pocahontas ficou conhecido na Inglaterra, que Smith fabricou a história sobre ela ter salvo ele da execução.

Quando a linda Pocahontas tinha dezessete anos, ela foi capturada pelos filhos da puta dos Ingleses e mantida como refém. Seu marido Kokoum foi morto e Pocahontas foi estuprada várias vezes e, consequentemente, engravidou. Ela foi forçada a se converter ao cristianismo, batizada como Rebecca e, rapidamente teve que se casar com o mais cuzão de todos os ingleses, que era um agricultor de tabaco chamado John Rolfe, mas era apenas para fazer a gravidez parecer legítima. Em 1615, a família Rolfe viajou para a Inglaterra e Pocahontas foi atada em um espartilho e apresentada ao público como um “símbolo da Virginia selvagem domesticada”. Se ligou no nível de filha da putagem? Caraio, fico puto com essas coisas… Enfim….

Após dois anos na Inglaterra, os Rolfe iniciaram a sua viagem de volta à Virginia, quando Pocahontas de repente começou a vomitar e convulsionar violentamente após o jantar. Antes mesmo de terem chegado ao rio Tamisa, Pocahontas tinha morrido de forma horrivelmente dolorosa. Relatos históricos dizem “incerteza sobre a causa da morte “, especulando que ela possa ter sucumbido a pneumonia, tuberculose ou mesmo a varíola. No entanto, no livro “The True Story of Pocahontas” afirma que durante seu tempo na Inglaterra, Pocahontas soube das intenções inglesas de obliterar as tribos indígenas nativas e de tomar suas terras. Com medo de que Pocahontas pudesse revelar suas estratégias políticas, seu assassinato foi rapidamente planejado e ela foi envenenada antes que pudesse chegar em casa e relatar o que tinha descoberto. Pocahontas tinha apenas 22 anos de idade quando morreu.

givon_banner780x132x_toposite_muitabrisa_novo

2 – Pinóquio: Travessuras e Assassinatos.

Na primeira versão de Pinóquio, a marionete é punida com a morte por ser tão cuzona e travessa. Pinóquio, por sua vez, era mito em ser filho da puta, zombava cruelmente de Gepeto e o vacilão ainda por cima foge, Gepeto, ligeiro que é, o persegue mas é pego por um policial que joga o velho na prisão, acreditando que ele estava assediando o boneco. Quando Pinóquio retorna à casa de Gepeto, encontra um grilo de cem anos de idade, que diz a ele que meninos impertinentes se transformam em burros. Pinóquio, com seu espirito de skinhead nazista malvadão, lança um martelo no grilo, esmagando-o.

Após Pinóquio quase se queimar na lenha, rola uma treta do caralho onde ele morde a pata de um gato mau e depois conhece uma bela fada de cabelo azul, que mete o loco e diz que está morta e espera que alguém leve seu corpo embora. Pinóquio então é pendurado numa árvore pelo gato com a pata mutilada e por uma raposa, e eles assistem Pinóquio sufocando até a morte. Fim.

Os editores muita brisa não estavam muito felizes com esse final, de modo que o autor acrescentou uma segunda parte à história. Aqui, a bela fada morta resgata Pinóquio e eles começam a viver juntos, mas Pinóquio retoma seus maus caminhos e, eventualmente, se transforma em um burro. Ele é vendido para o circo, onde acaba ficando manco.

Pinóquio é então levado por um músico, que deseja matá-lo, esfolá-lo e transformá-lo em uma pele de tambor. O músico pendura rochas no pescoço do burro e arremessa-o ao mar para afogá-lo. Quando ele se afoga, peixes comem sua carne até seus ossos, e o esqueleto da marionete de madeira é deixado pra trás. Pinóquio nada para longe, mas é engolido por um tubarão gigante. Dentro do estômago do bicho, ele encontra Gepeto sentado numa mesa, tentando comer um peixe vivo. Depois que eles escapam, Pinóquio passa a valorizar o carinho de Gepeto, e, eventualmente, como uma recompensa por ser um bom rapaz, por cuidar de seu pai e por trabalhar duro, ele é transformado em um menino de verdade.
Agora me responde uma coisa: os caras que escreveram esse livro tomavam LSD pra caralho, sim ou com certeza?

3 – Enrolados – A bruxa é uma vadia suja imunda.

Baseado no conto da Rapunzel dos irmãos Grimm, a história original fala de uma linda jovem aprisionada em uma torre por uma bruxa vadia. Certo dia, ela convida um príncipe para subir na torre e ele, que com certeza devia estar na auge da puberdade, acaba engravidando a jovem moça. A bruxa quando descobre a gravidez de Rapunzel, fica loca pra caralho né, quer fuder a porra toda! e acaba cortando seu cabelo e a envia para um local onde ela se torna uma mendiga. Quando o príncipe volta todo paquitão, para resgatar Rapunzel, a bruxa o ataca e ele cai da torre em um arbusto de espinhos e acaba ficando cego.

4 – A Pequena Sereia – A mutilação.

Na história de Hans Christian Andersen, em que a Disney se baseou, a cauda da jovem pequena sereia é cortada. Ela tem que viver com uma dor horrível e seus pés sangram sem parar, além disso, o príncipe é tão cuzão que acaba se casando com outra mulher. A pequena sereia tem uma escolha; ela pode matar o príncipe e voltar a ser uma sereia, ou lançar-se ao mar e morrer. Incapaz de matar o príncipe, por ter um bom coração, ela comete suicídio.

5 – Branca de Neve

No conto dos irmãos Grimm da Branca de Neve, a rainha filha da puta, ordena que um caçador traga de volta os pulmões e o fígado de Branca de Neve, como prova da morte da princesa. O caçador traz de volta as entranhas de um porco e a Rainha avidamente devora os órgãos. Além disso a rainha tenta matar Branca três vezes: por sufocamento quando ela puxa seu espartilho tão apertado que ela desmaia, quando ela escova o cabelo de Branca com um pente envenenado, o que faz com que ela caia em um sono mortal (mas ela acorda quando os anões removem o pente). Finalmente, a Rainha envenena uma maçã que Branca de Neve come e aparentemente morre.

Os anões colocam seu cadáver em um caixão de vidro, onde um príncipe que passava a encontra e decide levá-la para casa com ele. Quando o caixão é fortemente balançado pelo cavalgar do cavalo, Branca de Neve desengasga, cospe o pedaço de maçã e acorda. No final, a rainha é colocada em sapatos de ferro quentes e é obrigada a dançar até a morte.

E aí brisados, vocês conhecem mais filmes da Disney com origens bizarras? Comenta aí!

Veja também: Confira as Fotos Antigas Mais Macabras e Bizarras do Parque da Disney.

Fonte: Fatos Desconhecidos, Bra Bizarro e Mega Curioso.

Comments

comments