Travis Walton: O caso de abdução mais documentado de todos os tempos

Travis Walton diz que correu em direção ao OVNI porque não queria perder a oportunidade de ver um alien!

Brisado, você tá ligado que nós somos loucos por histórias de alienígenas né? Você pode dar uma fuçada no que a gente já postou! Dessa vez, vamos mostrar a história de Travis Walton que foi o caso de abdução mais bem documentado da história!

É conteúdo que você quer @? Confere aí o caso alienígena que aconteceu na Zona del Silencio!

Vamos por Partes

Travis era lenhador e fazia serviços na Floresta Nacional de Apache-Sitgreaves (Arizona – EUA) junto com mias 6 caras. Eles tinham sido contratados pelo Serviço Florestal dos EUA para fazer várias tarefas, sendo uma delas podar arbustos e pequenas árvores numa área de 1,2 mil acres perto do vilarejo de Snowflake (onde moravam).

 

travis walton
Travis na época do ocorrido
travis walton
Os colegas de Travis

Hora do Ataque

O cronograma do trabalho estava atrasado e os 7 caras decidiram fazer turnos mais longos para adiantar. Eles começavam as 6h da manha e terminavam só depois do pôr do sol. No dia 5 de novembro de 1975, perto das 18h, o grupo entrou numa caminhonete para voltar pra casa. No caminho para Snowflake eles pararam para descansar e viram uma luz intensa que vinha de trás da colina.

Todos, muita brisa que são, ficaram curiosos e foram atrás pra ver o que era. Os caras avistaram um OVNI pairando quase 6m do chão! O objeto era no formato de disco, tinha 6 metros de diâmetro, 2,5 m de altura e tinha umas divisórias verticais escuras na superfície – segundo os testemunhos dos caras.

travis walton
Representação do OVNI

Eles pararam a caminhonete e Travis (22 anos) saltou e foi correndo em direção do OVNI e a galera toda gritando pra ele voltar. Mas como brisado que é, Travis não deu a mínima. Ele disse que não fez isso pra provar que era mais foda que seus amigos, mas simplesmente porque não queria perder a oportunidade de ver um alien de perto. (Ok, acho que a gente faria a mesma coisa kkkk) 

O Contato

Travis já tava praticamente embaixo do OVNi e o disco começou a girar e emitir sons parecidos com de turbinas. Ele tentou se esconder atrás de uma pedra, mas o objeto emitiu uma luz verde tão intensa que Travis só lembra que sentiu como se tivesse sido eletrocutado.

O brisado não lembra do que aconteceu depois. Seus colegas que testemunharam tudo isso, contaram que seu corpo começou a levitar arqueado para trás e chegou a ficar 3m do solo! Em seguida Travis foi jogado para longe. A galera que tava apavorada e crente que ele tava morto, fugiu com a caminhonete.

O Sumiço

Quando viram que não estavam sendo seguidos, os homens discutiram pra ver se voltariam ou não. Eles voltara para pegar o corpo de Travis, mas ele não estava mais lá! A galera vasculhou todos os cantos do lugar e não encontraram nada.

Os colegas chamaram as autoridades de Snowflake, avisaram sobre o desaparecimento do amigo e contaram o que aconteceu. Óbvio que os policiais não acreditaram, ainda mais depois que foram para o local e viram que não tinha prova nenhuma de nada.

Como notícia ruim anda mais rápido, não demorou muito para as notícias se espalharem. Repórteres, curiosos e ufólogos começaram a aparecer no lugar pra fuçar. Enquanto as investigações rolavam, as autoridades formaram equipes de busca com helicópteros e homens à cavalo.

travis walton
Notícia do ocorrido num jornal da época

Mesmo com toda a mobilização, os dias passaram e as chances de achar Travis diminuiram. A galera até desconfiou da história do OVNI, achando que aquilo foi um assassinato. Os colegas de Travis passaram por polígrafo e eles falavam a verdade.

Voltou do Rolê

No dia 10 de novembro de 1975, 5 dias depois do incidente, a irmã de Travis (Alison) recebeu uma ligação. Grant Neff, seu marido, atendeu e ouviu Travis dizendo que estava num posto de gasolina, ferido e precisava de ajuda.

Granf encontrou Travis caído numa das cabines telefônicas do posto e disse que o cunhado estava abatido, confuso e não fazia a menor ideia do que tinha acontecido. Ele não sabia que tinha ficado tanto tempo desaparecido e não parava de falar sobre humanoides assustadores.

Lembranças

Travis disse que depois da luz forte, ele acordou dentro da nave e estava deitado numa cama cheio de tubos pelo seu corpo. Tinha um trio de seres que ele descreveu como tendo “cabeças desproporcionalmente grandes, pele extremamente branca e olhos enormes”. As criaturas era baixas, sem orelhas, a boca e nariz eram salientes e não tinha cabelos.

travis walton
Representação dos seres que Travis viu

O lenhador comentou que mesmo sentindo dores e estando fraco, ele entrou em pânico e deu um jeito de sair de lá. Quando corria para o interior da nave, ele deu de cara com outro tripulante: um homem loiro com 2m de altura vestindo um capacete e roupas espaciais.

Segundo Travis, esse homem levou ele até a saída e descobriu que estava num tipo de galpão com outras naves. O homem loiro levou ele até uma sala e Travis viu outros seres aparentemente humanos. O lenhador tava em pânico e encheu a galera de perguntas, mas ninguém dizia nada.

Os seres colocaram uma máscara no seu rosto e tudo o que Travis lembra depois disso é de ver a nave se afastando enquanto ele acordava no acostamento. Aí que ele foi até o posto e ligou pra irmã.

Polêmica

Esse rolê todo gerou uma repercussão tão enorme e foi coberto pela mídia. Tanto é que essa história ficou conhecida como o caso de abdução alienígena mais bem documentado de todos os tempos.

Travis chegou a passar pelo teste do polígrafo, inclusive a pedidos de organizações de ufólogos. Ele também apareceu em vários programas de TV. Junto com seus amigos, eles receberam um prêmio em dinheiro de um jornal sensacionalista “The National Enquirer” pelo “melhor caso de OVNI do ano”. Ó! Também queremos!

travis walton
Foto de Travis e colegas no jornal da época quando ganharam o prêmio

Final 

Travis lançou um livro em 1978 que conta sua experiência e esse caso virou o filme chamado “Fogo no Céu” (1993). Mesmo ele virando uma celebridade e muitas pessoas acreditarem na história dele, tem sempre aquela galera hater que critica tudo.

travis walton
Livro de Travis

Segundo os céticos, existem várias inconsistências no caso e não fizeram direito os testes do polígrafo. Além disso, duas semanas antes do desaparecimento, um canal de TV norte-americano popular, mostrou uma dramatização sobre a abdução do casal Betty e Barney Hill e Travis fez isso pra aproveitar do assunto.

Travis continua firme na ideia de que foi abduzido e até hoje ele é convidado para dar entrevistas e participar de encontros ufólogos pelo mundo. Se liga numa entrevista dele:

Fontes: Mega Curiososo, Travis Walton e Revista UFO

 

Comments

comments

Comentários no Facebook