5 filmes clássicos que são completamente bizarros.

Nós aqui do Muita Brisa adoramos viajar vendo filmes. Pensando nisso, separamos 5 que vão dar um up a mais na sua brisa.

givon_banner780x132x_toposite_muitabrisa_novo

1 – Pink Flamingos (Original) – 1972

Pink flamingos conta a história da drag queen Divine/Babs Johnson e sua família que, juntos, são considerados as pessoas mais sórdidas do mundo. Graças as suas bizarrices, sua fama cresce juntamente com suas aparições em capas de jornais e noticiários, o fato causa grande inveja no casal Marble que se consideram as pessoas mais imundas do mundo. Essa inveja causa uma guerra mortal entre as famílias que, logicamente, acaba com a vitória de Divine.
Um filme com direto a cenas de estupro, ato de incesto, canibalismo e muitas outras bizarrices estranhas. O filme Pink Flamingos fica de recomendação para aqueles que curtem brisar em coisas grotescas e bizarras DE VERDADE.
2 – Faces da Morte (O clássico) – 1979
O filme muita brisa que ainda hoje gera muita polêmica, vem carregado de cenas de mortes explicitas que para a época era algo tipo, MUITO BIZARRO. Chegou a ser proibido em mais de 40 países como Austrália, Noruega, Finlândia e outros.
O escritor John Alan Schwartz (que chega a aparecer em algumas cenas) junto ao Conan Le Cilaire foram os autores dessa brisa toda. Mesmo assumindo que algumas cenas não são reais, muitas delas são verdadeiras. Então, se você está na pegada de ver um filme que conta com cenas de restaurantes servindo cérebro de macaco, autópsias reais, orgias de sangue feitas por grupos canibais e muitos outros, fica nossa dica aí desse agradável filme para assistir a dois. 🙂 
3 – Subconscious Cruelty – 2000
A intenção deste filme é: Retratar a mente humana da forma mais cruel, doentia e irônica possível. Outro ponto que podemos destacar é a trilha sonora, que junto ao filme, chegam a abalar as estruturas. Olha só a brisa da introdução:
“Realidade… ela nos prende a um ciclo monótomo e mortal. Toma conta de nossos desejos e sonhos com inúmeros obstáculos que se ligam entre si, com cruel ironia. Tentamos nos esconder dessas inescapáveis verdade com mentiras, como o cinema, usa-las como um escudo para fugir. Um abrigo para nos proteger das dificuldade incessantes jogadas em nossos caminhos. Certos filmes podem tentar absorver nossa energia negativa em uma esperança de que talvez eles possam manter nossas mais obscuras emoções sob controle. Mas, infelizmente, somente a luz trêmula consegue pacificar nossos demônios por tanto tempo e será impossível ignorar a realidade humana muito mais terrível do que qualquer filme possa ter tentado retratar.”
4 – Eraserhead – 1977
O filme segue um curto período da vida de Henry Spencer, um impressor de férias. Henry descobre que sua namorada, Mary X deu origem a um deformado e monstruoso bebê. Após um tumultuado e breve período vivendo juntos, Mary Henry deixa o bebê aos cuidados de Henry. Ele tem algumas visões bizarras de uma mulher no seu radiador, e um sonho em que a cabeça de Henry é utilizada para fazer lápis borracha. Estas ocorrências levam Henry a matar o bebê.
Eraserhead é um filme que confunde muitos críticos e apreciadores. Mas se tornou um clássico cult. Em 2004, o filme foi considerado “culturalmente, historicamente e esteticamente significativo” pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e selecionado para preservação no National Film Registry. Lynch já chamou-lhe um “sonho de coisas escuras e perturbadoras” e seu “filme mais espiritual.”
5 – Freaks 1932
Freaks é um filme de terror dirigido e produzido por Tod Browning. O filme em seu tempo causou um grande impacto e teve uma forte oposição por parte dos diretores da Metro Goldwyn Mayer que temiam mostrar a todos aquele show dos horrores. Já nos dias de hoje é um clássico, um filme cult. Mas em seu tempo, Freaks foi considerado forte demais para a mentalidade da época e o público exigiu que fosse retirada das telas. Devido a esta intensa reação o estúdio cortou o filme pela metade que foi interpretado por pessoas disformes e não foram utilizados efeitos especiais de maquiagem, excepto numa breve cena ao final do filme. No filme, os “freaks” são pessoas de confiança e honradas, enquanto os verdadeiros monstros são os membros do circo considerados “normais” que conspiram para assassinar um dos artistas e obter sua herança.Em 1994, Freaks foi selecionado como o décimo quinto filme mais assustador na lista dos 100+ da rede Brav de TV.
Veja as melhores cenas do Freaks:

Comments

comments