Joyce Vincent foi encontrada morta depois de 3 anos ainda assistindo TV

Depois de 3 anos, o corpo de Joyce foi encontrado em seu apartamento, ainda com a TV ligada

O esqueleto de uma mulher foi encontrado por oficiais da justiça de Londres em 2006. A bizarrice é que ele estava lá há uns 3 anos e no canto da sala tinha uma TV que ainda estava ligada. Um exame na arcada dentária foi a única coisa capaz de identificar a identidade: Joyce Carol Vincent.

Depois de sua morte, vários jornais e investigações da polícia tentaram decifrar o que aconteceu. Vários amigos e ex-namorados só deram depoimentos positivos sobre ela. Segundo eles, Joyce era uma “ótima companhia”. Mesmo assim, ninguém conseguiu dizer o motivo deles não sentirem a falta dela.

Os familiares contaram que ela sofreu violência doméstica de um ex que teve por volta dos 37 anos. Segundo eles, depois desse período, Joyce se afastou de todos e começou a viver isolada num apartamento subsidiado pelo governo. Foi por isso que os oficiais encontraram o corpo, por falta de aluguel.

Cenas de “Dreams of a Life”

Ela foi acolhida num programa de proteção a vítimas desse tipo de violência e os amigos falaram que ela tinha vergonha disso. Não tinha pra quê. Antes de se isolar, Joyce teve vários empregos, inclusive alguns que pagavam bem.

Os investigadores descobriram que vários homens tentaram abusar sexualmente dela. Isso poderia ser o principal motivo para seu isolamento. Nesse meio tempo Joyce tentou seguir carreira de cantora. Ela até conseguiu contato de algumas gravadoras, mas nunca estourou.

Porta do apartamento de Joyce

Por volta de fevereiro de 2003, Joyce foi para o apartamento. Tudo aponta que ela morreu ainda nesse ano, provavelmente em dezembro. Isso porque tinha presentes de natal na sala.

Os vizinhos não sabiam explicar porque não perceberam a morte dela. O cheiro do corpo em decomposição, foi misturado com o das lixeiras do lado de fora – vai que é um leite podre, né?

Mas como Joyce morreu?

Eles primeiro descartaram morte natural, não tinha como aquilo acontecer. Também não acharam que foi assassinato. As janelas e as portas estavam bem trancadas por dentro quando os oficiais encontraram. Segundo algumas pessoas próximos dela, Joyce tinha um noivo. Porém nunca foi identificado. Os investigadores reviraram o apartamento pra achar provas de alguma coisa e nada foi encontrado.

Mais bizarro do que isso, só a Fazenda de Corpos!

Em 2012 saiu um documentário chamado “Dreams of a Life”, sobre esse caso bizarro. Confira o trailer:

Fonte e imagens: R7 e Documentário “Dreams of a Life”

 

Comments

comments